ABHA | Associação Brasileira de Halitose

Abrir Menu Mobile

Fique por dentro

Fique por Dentro

Campanha Nacional de Combate ao Mau Hálito - 5 Dicas Para Virar O Jogo

Publicado em : 02/09/2019

 

Alterações no hálito são motivos de ansiedade, insegurança, baixa autoestima, exclusão, depressão, transtornos psicológicos ou psiquiátricos. É comum, Cirurgiões-Dentistas indicados pela Abha, atenderem pessoas que mesmo tratadas, ainda não não se sentem confortáveis em viver relações sociais ou afetivas sem “mascarar” o hálito.

Por isso, a Campanha Nacional de Combate ao Mau Hálito de 2019 traz esse alerta. O assunto é sério e envolve a saúde física e mental de quem está passando por isso. 

E para ajudar, preparamos 5 dicas para te ajudar a VIRAR O JOGO e viver sua vida com a liberdade e plenitude que você merece. Confira!

 

1. Evite dúvidas:  Se você tem dúvidas sobre o seu hálito, evite “auto-diagnóstico”. Testes como lamber a mão e cheirar, fazer uma conchinha com as mãos e cheirar... NÃO são eficientes. O teste organoléptico realizado com pessoas de sua confiança é a forma mais adequada de verificar o seu hálito. Nós explicamos como fazer em http://bit.ly/testeorganoleptico


2. Fale sobre o assunto: Muitas pessoas tem o hálito alterado e não sabem. Então, falar sobre isso de forma respeitosa e empática permite que a busca por tratamento e isso muda vidas. Preparamos algumas dicas sobre como abordar o assunto. Confira em http://bit.ly/FalarMauHalito


3. Não acredite em soluções milagrosas: Os produtos para "acabar" com o mau hálito estão nas prateleiras dos supermercados, farmácias, na internet, no banheiro ou na cozinha. Afinal, quase todo produto ofertado para higiene bucal diz combater o mau hálito e clarear os dentes. Mas se fosse assim, será que alguém teria mau hálito? Além disso, receitas espalhadas pela internet "caem em penca", mas não funcionam e as vezes até pioram o quadro. Falamos mais sobre remédios caseiros em http://bit.ly/HalitoRemedioCaseiro 


4. Invista em ações efetivas: Camuflar as alterações do hálito com bochechos, chicletes ou balas pode trazer malefícios para a saúde bucal, sistêmica (corpo) e psicológica. Para o mau hálito acontecer é preciso haver bactérias, substrato ("comidinha"), baixa tensão de oxigênio e, muitas vezes (para não dizer na maioria), um baixo fluxo salivar. Então, “varrer a sujeira para debaixo do tapete” com bochechos e similares não é a solução efetiva para o problema.  


5. Procure um Cirurgião-Dentista qualificado: Como as principais causa são bucais, o Cirurgião-Dentista qualificado é indicado para conduzir o tratamento. Mas é importante buscar um profissional qualificado porque esta é uma formação posterior a graduação. Na seção de “Profissionais Indicados” da Associação Brasileira de Halitose você encontra Cirurgiões-Dentistas que cumprem todos os requisitos de qualificação e atualização para integrarem os indicadores. Confira em http://bit.ly/2abhaindi 


Mau hálito tem tratamento e você merece viver sua vida com liberdade e autenticidade. Então, dê o primeiro passo e VIRE O JOGO!

E se você quiser saber mais sobre o assunto, acompanhe nosso trabalho nas mídias sociais e ative as notificações para não perder nenhuma informação sobre o assunto!


Probióticoterapia

Probióticoterapia

 20/11/2019

  Você sabia que existem “bactérias do bem” e que elas podem contribuir com o tratamento do mau hálito? Os probióticos são microrganismos vivos capazes de contribuições importantes para a saúde. Eles dificultam o [...]



7º Encontro Brasileiro de Halitose

7º Encontro Brasileiro de Halitose

 09/08/2019

  PROGRAMAÇÃO:   09h - 13h - Simpósio “Como integrar o cuidado com o hálito na prática clínica diária? Ministrantes: Ana Elisa da Silva - Especialista em Periodontia; Mestre em clínica odontológica [...]


Cáseos amigdalianos: bolinhas malcheirosas que saem da garganta

Cáseos amigdalianos: bolinhas malcheirosas que saem da garganta

 07/08/2019

 Blog Da Boca pra Fora - Ludovica - O Popular

 https://www.opopular.com.br/noticias/ludovica/blogs/blog-da-boca-pra-fora/blog-da-boca-pra-fora-1.859656/c%C3%A1seos-amigdalianos-bolinhas-malcheirosas-que-saem-da-garganta-1.1416079

  Os cáseos amigdalianos são bolinhas esbranquiçadas ou amareladas que não cheiram bem e se desprendem das amígdalas quando se espirra, tosse, engole saliva ou, até mesmo, quando se comprime a região das amígdalas. As [...]



6º Encontro Brasileiro de Halitose

6º Encontro Brasileiro de Halitose

 03/05/2019

Quer saber mais sobre uma das qualificações que mais cresce em interesse entre os Cirurgiões-Dentistas? Se você acompanha nosso trabalho nas Redes Sociais, já sabe que 58 milhões de brasileiros, ou 30% da população [...]





Mau Hálito: Um Problema de Saúde Pública

Mau Hálito: Um Problema de Saúde Pública

 21/09/2018

 Blog Ludovica

 https://ludovica.opopular.com.br/blogs/blog-da-boca-pra-fora/blog-da-boca-pra-fora-1.859656/mau-h%C3%A1lito-um-problema-de-sa%C3%BAde-p%C3%BAblica-1.1620131

A halitose, conhecida como mau hálito, é um assunto ainda pouco falado, mesmo que o problema seja mais comum do que se pensa. É importante ressaltar que, se não identificado e tratado, o mau hálito pode até desencadear transtornos psicológicos ou [...]



PEC ABHA - Programa de Educação Continuada

PEC ABHA - Programa de Educação Continuada

 22/05/2018

  Ser um Associado ABHA tem muitas vantagens e a mais nova delas é o PEC-ABHA! Um programa criado para garantir melhoria contínua e aprendizado constante sobre halitose. Todo mês um novo conteúdo educativo sobre aspectos relacionados ao [...]



5º Encontro Brasileiro de Halitose

5º Encontro Brasileiro de Halitose

 14/02/2018

Quer saber mais sobre uma das qualificações que mais cresce em interesse entre os Cirurgiões-Dentistas? Se você acompanha nosso trabalho nas Redes Sociais, já sabe que 58 milhões de brasileiros, ou 30% da população do país [...]


Participe do XI Encontro Científico de Halitose

Participe do XI Encontro Científico de Halitose

 12/12/2017

Embora a literatura aponte que casos de halitose crônica atingem cerca de 58 milhões de brasileiros, 30% da população. E que destas 90% são de origem bucal fazendo do Cirurgião-Dentista o profissional responsável por conduzir o [...]


voltar à página anterior
© 2016 — Todos os Direitos Reservados GO!Sites